sexta-feira, 21 de janeiro de 2011


Se você não for de São Paulo ou Rio de Janeiro...Comece a pensar em preparar as malas para viajar!!
Pois não tem como perder um concerto de André Rieu no Brasil, concordam?

Olha só quem deve fazer as malas também...

 Alguns sites trazem a notícia como sendo na América do Sul, outros no Brasil e Chile em setembro de 2011, e ainda outros noticiando a passagem de André e sua  JSO no final do mês de agosto ainda este ano...há quem diga que será em abril de 2012...,bom, sabemos que as datas dependem do acordos fechados com estes países! A vinda do maestro  com certeza trará uma produção extraordinária!

Aguardemos então as confirmações pelo site oficial www.andrérieu.com/pt  



Mas enquanto isso não acontece, vamos curtir um pouco desta matéria publicada em 2009 pela Billboard Brasil.


"Criticado por puristas, o maestro e violinista holandês André Rieu transformou a música clássica em obra de entretenimento e objeto de consumo em massa. Também conhecido como o “Rei da Valsa”, é considerado responsável pela sobrevida do gênero. “Amo ser chamado assim, pois manter a valsa viva é uma questão pessoal para mim. Sempre fiquei revoltado com a forma como ela é negligenciada na música clássica”, desabafa, em entrevista a Billboard Brasil.

Mas o regente não parece muito preocupado com o ostracismo da academia, já que ao todo, segundo a gravadora, vendeu quase 16 milhões de CDs e cinco milhões de DVDs – apenas na Alemanha já superou cinco milhões de cópias em áudio. Isso sem falar em suas turnês, com direito a cenários grandiosos, figurinos elaborados e 250 músicos no palco, foi o quarto espetáculo musical mais lucrativo de 2008, ficando atrás apenas de Madonna, Tina Turner e Britney Spears.

Segundo o levantamento feito pela Billboard, foram 554.242 ingressos e uma renda bruta de US$ 57,4 milhões. Agora ele se prepara para conquistar a América Latina. Recentemente veio ao Brasil, (Foi em setembro de 2009)onde já vendeu mais de 500 mil DVDs, anunciar a passagem da sua Johann Strauss Orchestra no ano que vem.

Rieu tem uma justificativa bem fácil para o estrondoso sucesso: “Eu tento executar apenas o que realmente me toca. Então, quando me emociono com o que estamos fazendo, sei que o público irá se contagiar”, declara. “O segredo está no jeito que a gente ensaia, no jeito que a gente toca e em como estruturamos os espetáculos. Faço isso já há 30 anos e sei como pegar o público pela mão.”

Filho de maestro, Rieu começou a estudar violino aos cinco anos. Aos 19 ingressou no conservatório local e foi músico de orquestra até os anos 80. Então minha esposa disse: ‘Vou conseguir o dinheiro e você vai realizar o seu sonho’.

” Além de músico, Rieu também é um empresário astuto. Até hoje mantém a orquestra em sociedade com sua esposa, Marjorie Rieu. “Eu cuido de cada detalhe. Das roupas e dos cenários até a escalação dos músicos, tudo passa por mim.” E para ele, misturar arte e negócios jamais foi um problema: “Meu maior exemplo é Johann Strauss [1804-1849, patriarca da família austríaca que popularizou a valsa]. Ele era muito popular, foi o primeiro pop star do mundo e, ao mesmo tempo, era um homem de negócios brilhante. Tinha cinco orquestras enquanto eu tenho apenas uma. Estava por cima dos negócios e ao mesmo tempo era um gênio.”

E suas referências de pop star não estão perdidas no século XIX. Ele já escandalizou ao tocar hits em versão orquestrada. “Quando Michael Jackson morreu, mudei o programa de última hora e inclui “Earth Song”. Amo Queen, amo Bruce Springsteen e tudo isso para mim é boa música”, afirma Rieu, que também se diz admirador de Tom Jobim. Inclusive, o maestro morou no Rio de Janeiro, segundo o próprio, há 35 anos.

Quando tocava em uma orquestra, conheceu o pianista cearense Jaques Klein (1930-1982), que o convidou para jurado de um concurso. “Eu planejava ficar duas semanas. Como era jovem e me diverti muito, acabei ficando seis meses.” Rieu ainda guarda lembranças afetuosas do amigo: “Tocávamos todo dia e ele era um gênio. Jamais conheci outromúsico igual, um homem incrivelmente talentoso.”
Matéria publicada na primeira edição da Billboard Brasil (outubro, 2009).





Até mais!
Quem sabe...com excelentes noticias...


com a amizade de sempre
Maria Dirce L Santos

2 comentários:

Anônimo disse...

OLÁ A TODOS OS QUE AMAM RIEU,
POR QUE SERÁ QUE AINDA NÃO DIVULGARAM AS DATAS?
AGOSTO E SETEMBRO,ESTÃO LIVRES ANA AGENDA DELE,
E QUANTO AOS INGRESSOS?
ATÉ OS DA BELGICA QUE SÃO PARA DEZEMBRO JÁ ESTÃO A SER VENDIDOS,
MY GOD...SERÁ QUE TEREMOS UMA ORGANIÇAO A MODA LATINA?
TUDO DE ULTIMA HORA,E COM A FAMOSA FORMALIDADE DOS RELIGIOSOS,POLITICOS E FAMOSOS,A TEREM O PRIVILEGIO DAS PRIMEIRAS FILAS?
ESPERO SINCERAMENTE QUE ISSO NÃO ACONTEÇA,POIS A ORGANIZAÇÃO A MODA HOLANDESA,PREZA O RESPEITO A IGUALDADE,E COMO SEMPRE...INGRESSOS COM QUASE 1 ANO DE ANTECEDENCIA A SEREM DISPONIBILIZADOS A VENDA,
ENFIM REZO PARA QUE A ORGANIZAÇÃO SEJA EXCLUSIVAMENTE FEITA PELOS HOLANDESES,
E QUE RIEU NÃO SEJA LEVADO NOVAMENTE AO FAUSTÃO...QUE O RECEBEU DE FORMA DESINFORMADA,NEM SABIA O NOME DA CARLA MAFFIOLETTI,ERROU NO NOME DA CARMEN MONARCHA,NÃO MOSTROU VIDEOS DAS PERFORMANCES DELAS,E O PIOR, DA FALTA DE RESPEITO...FEZ UM PLAYBACK CHULO QUE APAGOU O SOM DO VIOLINO DO RIEU,E PARA QUEM O CONHECE,SABE QUE ELE FICOU IRRITADO,NERVOSO,INSATISFEITO,E MUITO INSULTADO,POR ISSO LOGO DEPOIS ELE DEU, AQUELA FAMOSA ENTREVISTA A TV HOLANDESA...AQUILO FOI UM DESABAFO DO RIEU,UMA FORMA DE REAÇÃO AO QUE FOI FEITO A ELE POR AQUI,
COMO BRASILEIRA SENTI MUITA VERGONHA...
SEI QUE O BRASIL TEM COISAS MARAVILHOSAS,MAS O FAMOSO JEITINHO BRASILEIRO,DE LEVAR AS COISAS NAS COXAS..É O QUE IRRITOU O RIEU,ALEM DO FATO QUE EM QUESTÃO DE ESTRUTURA,ELE TEM TODA RAZÃO EM TUDO O QUE DISSE NA ENTREVISTA,INFELIZMENTE É TUDO VERDADE.
SOU FÃ DE RIEU HÁ 16 ANOS,JÁ ASSISTI VARIOS CONCERTOS,ESPERO QUE ELE SEJA TÃO BEM RECEBIDO AQUI,COMO NOS RECEBE EM MAASTRICHT.

Sandro Guimarães disse...

Sou músico saxofonista, apresentador de TV no Ceará e jornalista. Peguei a matéria acima e compilei para meu blog www.aracatiemfoco.blogspot.com pelo simples motivo que sou fã do André Riel e principalmente quando em uma de suas entrevistas na TV entre intervalos de seu concerto o maestro declarou que "Esteve no Brasil hospedado na casa do amigo e músico pianista aracatiense Jaques Klein..." Fiquei muito orgulhoso como aracatiense ouvir essas e outras menções sobre um conterrâneo famoso que empresta seu nome a nossa gloriosa Banda de Música de Aracati.

Obs: Em meu blog cito a fonte da informação, ou seja, o http://fansbrasilandrerieu.blogspot.com
Abraço a todos os fãs e a autora do blog, Maria Dirce L Santos presidente do FansBrasil.